IMAGENS

IMAGENS
IMAGENS

quinta-feira, 16 de junho de 2011


PROJETO GINGA TERAPIA .
O Ginga Terapia é um projeto de inclusão social da ASSOCIAÇÃO PESTALOZZI DE MACEIÓ e GRUPO MUZENZA DE CAPOEIRA. Vem sendo realizado desde 2004 Estado de Alagoas com o objetivo de promover a saúde, o esporte e a cultura, podendo ser utilizado recurso terapêutico na reabilitação de pessoas com transtornos globais de desenvolvimento. O Ginga Terapia em sete anos de existência promoveu a 1ª Competição de Capoeira Adaptada para Pessoas com Deficiência em 2004; o 1º Batizado de Capoeira para com Deficiência em 2006 e o 1º Batizado de Capoeira para Terceira Idade em 2010 no Estado de Alagoas, participou da primeira competição de idosos com mais de vinte atletas, além de promover eventos com participação de Mestres de todo o Brasil. Realizamos também uma roda mensal com o objetivo dar visibilidade a capoeira bem como receber capoeiristas de outros grupos de Maceió, as rodas acontecem todas as ultimas sextas feiras de cada mês, na praça do centenário no bairro do farol. O projeto conta com a coordenação dos professores Antonio Sergio e Daniel Isac, que ministram aulas e realizam apresentações envolvendo mais de 150 Crianças, Jovens, Adultos, Idosos e deficientes físicos e ou intelectuais nas unidades da Pestalozzi: Escola Inclusiva Maria do Espírito Santo, Centro Inclusivo Genilda Porto e Policlínica Ana Maria Vieira.

2 comentários:

  1. Quando enchergamos a capoeira numa perspectiva libertadora, livre da alienção cultural e histórica de determinadas pessoas"Mestres, professores e/ou representantes destare". damos a ela um viés mais profissional e coerentes com as evoluções globais sem que venhamos ferir toda uma tradicionalidade pelo qual o capoeirista acompanha, dai percebemos o quão plurisingugal que a capoeira se faz entender... plural por abarcar as mais diverssas possibilidades de utilização, intermediação e redundância de resultados e singular por ser unica em quanto elemento cultural que possa oferecer tamanha faceta, e mais uma vez a capoeira adentra em nosso contexto histórico corroborando com nossa evolução gradativa em busca pelo qual nos capoeiristas almejamos " estabilidade, reconhecimento profissional,garantida de acesso e da pratica de pessoas independente de gênero, raça,idade, religião ou condicinamento fisico e mental.

    Parabéns meus camaradas! é bom saber que em nosso mundo muita gente se preocupa com o desenvolvimento do país utilizando a capoeira como recurço...

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela coragem e ousadia com que vc´s vem desenvolvendo esse projeto em nosso estado.

    ResponderExcluir