IMAGENS

IMAGENS
IMAGENS

sexta-feira, 22 de julho de 2011

OFICINA DE CAPOEIRA ANGOLA


O professor Gilson Vilela, a Cia. Urucungo e o Coletivo AfroCaeté convidam para a oficina de Capoeira Angola que será realizada entre os dias 25 e 28 de julho, das 19 às 21h, no Espaço Coletivo AfroCaeté (Jaraguá). No encerramento da Oficina, dia 28, será exibido o vídeo Mandinga em Manhattan. A atividade faz parte do Projeto Roda de Saberes: descobrindo a Angola em Alagoas. O projeto visa promover oficinas e rodas de discussão que contribuam para a difusão dessa arte criada pelos africanos no Brasil como forma de resistir à opressão.

Será cobrada taxa de participação de apenas R$ 5,00. Informações podem ser obtidas pelos telefones (82) 8858-6771/ 8845-4068.

LEI DA SEMANA MUNICIPAL DA CAPOEIRA EM ARACAJÚ SERGIPE

1º FESTIVAL DE INVERNO EPCAPOEIRA

2º ANIVERSÁRIO DO RASTEIRA NA FOME

terça-feira, 12 de julho de 2011

ORAÇÃO DA CAPOEIRA



Oração da Capoeira

Quando jogo capoeira meu corpo ora...
E no passo de cada ginga
Dissimulo e descubro meu artista interior, meu espírito
Engaiolado num corpo flexível,
Leve como o ar,
Veloz como um raio
Audaz como um felino.

Quando oro
Busco no além, forças em meu Deus
Que me guia em cada roda
Que me livra em cada esquiva
Que me faz cantar com o coração
E me faz transpirar, como as lágrimas.

Quando jogo
No meu peito está contida a oração
Pelo perdão, pela falsidade,
Lembro-me do negro
do branco
do mulato
Lembro-me da dor e da solidão
Do amor que tenho por ti, Capoeira.

Quando oro
No templo maior, meu corpo
Sinto as lembranças e as veias rígidas de uma juventude sofrida
Que, com mãos cálidas, aprendeu
A meia-lua e o aú
E, com olhar de sonhador
Lançar para o infinito.
Amém

Capoeira na Escola


Capoeira na Escola Oficina da Vida.
A capoeira faz parte da grade curricular da educação infantil e do ensino fundamental, na escola oficina da vida que se situa no bairro da pitanguinha em Maceió.
Os alunos da educação infantil aprendem capoeira de forma lúdica através de jogos e brincadeira. Com o objetivo de socializar a criança e desenvolver suas habilidades através de aulas praticas e teóricas com atividades de pintura, desenho, leitura e álbum seriado onde o professor conta a história da capoeira com o auxilio de imagens.
No ensino fundamental a metodologia é mais sistemática, os conteúdos são planejados para o ano de acordo com o nível de cada turma e divididos em:
Pratico 1: Movimentos básicos de ataque e defesa e seqüencias.
Teórico: História e evolução da capoeira.
Musical: conhecimento dos instrumentos, canto, toques e composições.
Pratico 2: Conhecimento do ritual, jogo, roda e danças: maculelê, samba de roda, puxada de rede e coco de roda.
A avaliação das turmas do 1º ao 5º é feita de forma qualitativa e formativa com provas, trabalhos, comportamento e participação. Onde são dadas duas notas que valem de 0 a 10 pontos, onde o aluno deverá atingir 70% de desempenho para serem aprovados. Ao concluir o 5º ano, quando o aluno deixa a escola, ele recebe o certificado de conclusão do curso básico de iniciação a pratica da capoeira com a carga horária que o mesmo atingiu.
Os aluno que melhor desenvolvem as habilidades são selecionados para se apresentar no encontro de arte e cultura promovido pela escola sempre em grandes teatros da cidade no fim de cada ano letivo, fazendo alegria dos pais e arrancando aplausos do público.

por: Sergio Araujo.

terça-feira, 5 de julho de 2011

ADEUS AO MESTRE NACIONAL



FOI EM BORA MESTRE NACIONAL
A capoeira perdeu mais um grande mestre de renome. Mestre Nacional partiu deixando saudades, mas também deixou marcado seu exemplo para quem quiser seguir. Esse mestre vai fazer muita falta, vai com deus mestre a roda do céu ganha mais uma nobre participante, com certe mestre peixinho e mestre bigodinho estão jagando com o senhor. Essa é nossa homenagem ao grande cantador , tocador, jogador. Em fim, ao grande Mestre Nacional.
Por:Sergio Araujo

Adalberto de Souza Alvarenga, internacionalmente conhecido como mestre Nacional, começou a capoeira em 1966 aos 17 anos de idade, no Vila Futebol Clube, na rua Ururaí, com Mestre Vandique e na quadra de escola de samba Vila Santa Tereza e em 1968 foi servir ao Exército Brasileiro, compondo assim, a brigada pára-quedista.
Após retorno de mestre Vandique a bahia, mestre Nacional passa a treinar na residência de mestre Julio Cesar figueró, na rua Picuí, n 373, em bento ribeiro, com os treinos constantes no Imperial Atlético Clube, na estrada da Portela em Madureira, hoje galeria apolo 1, passa a divulgar a sua capoeira por todo Rio de Janeiro e outros estados fazendo participação em varias novelas da Rede Globo, tais como: Cabana do Pai Thomaz, Escrava Isaura, Pulo do Gato, dentre muitas outras.
Ficou conhecido como mestre Nacional em virtude de percorrer as rodas com a camisa do Banco Nacional, local onde trabalhou na área de segurança, com transporte de valores, por muitos anos e na roda da Central do Brasil os alunos do mestre Dentinho do grupo de capoeira Auê assim o chamavam.
Ganhou seu título de mestre na década de setenta na comunidade Jorge Turco, após uma roda de capoeira na praça de Coelho Neto, foi convidado por Antonio Candeia Filho, o conhecido mestre Candeia, em 1975 a ministrar aulas de capoeira no Esporte Clube Veja na rua Curipé, n 65, em Coelho Neto sede provisória do Granes Quilombo, onde residia atualmente na rua ouseleik, n 810 fazenda botafogo e por onde passaram vários alunos.
Mestre de renome, teve grandes composições que estão no cd “Momentos de mestre Nacional”, amigo inseparável de mestre Medeiros, juntos fundaram a Associação Cultural de capoeira Quilombo Nagô que mantém viva suas tradições na quadra do Grêmio Recreativo de Arte Negra Quilombo, local da roda mensal, sempre no último domingo de cada mês, das 10:00hs as 13:00hs.
Grande poeta da capoeira sabia como ensinar, “cada roda é uma aula e a história continua ” , exemplo de perseverança, na roda da vida nunca deu seu golpe em vão...
Fonte: Portal Capoeira

CAPOEIRA VS MUAY THAI


CAPOEIRA VS MUAY THAY

O GRADUADO DIDI ALUNO DO PROFESSOR MENINO DO GRUPO MUZENZA DE CAMPINAS-SP, LUTARÁ COM O PROFESSOR CHINA DA FAMOSA ACADEMIA CHUTE-BOX DE CURITIBA-PR.
A LUTA ACONTECERÁ NO DIA 16 DE SETEMBRO DE 2011 EM CURITIBA.
PELO CINTURÃO DA CATEGORIA ATÉ 95Kg.
A VIOLÊNCIA É UMA COISA INACEITÁVEL PRINCIPALMENTE NA CAPOEIRA, JÁ A LUTA QUANDO FEITA DE FORMA LEAL E JUSTA É MUITO IMPORTANTE PARA NOSSA ARTE MARCIAL GENUINAMENTE BRASILEIRA. NÃO PODEMOS NOS ESQUECER QUE A CAPEIRA INICIALMENTE ERA UMA UTA MUITO EFICAZ NA DEFESA DO NEGRO ESCRAVO E SÓ DEPOIS APARECEN OS OUTROS ASPECTOS.
BOA SORTE NA LUTA PARA O NOSSO IRMÃO DIDI E PARABÉNS PALA CORAGEN E DIPOSIÇÃO DE EVIDENCIAR NOSSO LUTA CAPOEIRA.
POR: SERGIO ARAUJO

sábado, 2 de julho de 2011

LOUCOS POR CAPOEIRA 2



25 A 29 DE JANEIRO DE 2012
REGIÃO DOS LAGOS - RIO DE JANEIRO.