IMAGENS

IMAGENS
IMAGENS

domingo, 22 de maio de 2011

Semel lança o ‘Viva a Vila’ focando a inclusão social


Programa vai beneficiar mil pessoas na fase inicial com oferta de 14 modalidades esportivas na Vila Olímpica Lauthenay Perdigão

A manhã festiva, com direito a lanche para todos os participantes, contou com várias apresentações, como a de ginástica para a Terceira Idade e a de capoeira para portadores de necessidades especiais. Nem a chuva tirou a animação da equipe de taekwondo, que encerrou a programação numa das quadras da Vila Olímpica.

Marcelo Cardoso – mais conhecido como Mestre Girafa – é o coordenador do Grupo Munzenza, por meio do qual afirma buscar a disseminação da capoeira enquanto instrumento de inclusão social. Para ele, a iniciativa da Semel será ‘mais uma oportunidade de levarmos esperança aos nossos jovens’.

A Ginga Terapia já existe há seis anos, servindo a deficientes físicos e pessoas idosas. O esporte melhora a autoestima, ensina a saber lidar com os próprios limites, fortalecendo o equilíbrio de nossas ações e a necessidade de interação com o próximo. Ou seja, não se pode ignorar o seu recurso pedagógico”, analisou o capoeirista, que já apresentara projeto ao secretário Gustavo Toledo no sentido de o grupo passar a também utilizar a Vila Olímpica como palco para apresentações.

Lucieren Pereira, de 65 anos, diz ter rejuvenescido 30 deles ao conhecer a capoeira. “É maravilhoso, um divertimento só. Moro sozinha e não consigo ficar em casa. Adoro me reunir com todas as minhas amigas também com a ginástica, sempre às terças e quintas, aqui na Vila”, confidenciou.

REFERÊNCIA: http://gazetaweb.globo.com/v2/esportes/texto_completo.php?c=39488

Um comentário:

  1. PARABÉNS pelo lindo trabalho...
    Isso é reconhecimento por tantos anos de dedição.
    Muito Axé!

    ResponderExcluir